5 Alimentos Saudáveis Que A População Acha Que Não São

alimentos saudaveis

Olá caras leitoras e leitores desse site. Hoje começamos a compartilhar aqui uma série de artigos sobre alimentação, receitas e tudo mais a cerca da culinária. E para começarmos com o pé direito, iremos trazer para vocês 5 alimentos super saudáveis que você foi levado a acreditar que são ruins para sua saúde.

Mas atenção, esse artigo pode fazer você pirar e até certo ponto chamar os idealizadores desse site de loucos. O que você verá aqui, vai em contramão sobre tudo o que já escutou sobre alimentação.

Você tem todo direito a não acreditar no que iremos relatar aqui de imediato, mas, para seu próprio bem, recomendamos que caso não acredite no que for dito nesse texto, que possa abrir a sua mente e ir atrás de mais informações sobre o assunto.

O que ocorre é que infelizmente a mídia, o governo e toda a indústria alimentícia e farmacêutica não deseja que você saiba dessa verdade, isso porque os produtos que geram muito lucro para eles são os considerados saudáveis quando na verdade não são.

Bom, vamos logo conhecer quais são esses 5 alimentos saudáveis que até hoje a grande parte da população julga ser prejudicial a saúde quando na verdade são nossos aliados.

1) Ovo

Provavelmente você já cansou de ouvir que ovos causam colesterol e que é bom evitar o consumo do mesmo em excesso. Essa falácia faz com que as pessoas consomem ovos cada vez menos.

No entanto, os ovos são uma das melhores fontes de proteína que você poderia querer para sua via. O ovo é aquele tipo de alimento que você devia consumir todos os dias, assim como muitas pessoas inteligentes e saudáveis fazem, chegando a comer de 5 a 6 ovos por dia.

Por ser um dos mais importantes alimentos para quem busca uma vida super saudável, resolvemos iniciar essa lista com eles.

Abaixo você confere um vídeo com o Dr. Lair Ribeiro (um dos médicos mais respeitados e renomados do mundo) onde ele fala sobre as características do ovo em uma palestra para outros médicos.

2) Carne Vermelha

Outro grande mito que insistem em espalhar por ai é afirmar que o consumo da carne vermelha faz mal para sua saúde e principalmente ao seu coração. Ora bolas, por milhares de anos nossos ancestrais consomem carnes e assim, de repente, começamos a escutar que elas fazem mal.

Não meus amigos e amigas, tirem isso da cabeça de vocês. Carne vermelha não faz mal nenhum a sua saúde. Carne vermelha ou branca, são ricas em proteínas e gorduras saturadas, as quais são importantes para nossa saúde.

Por mais que você foi levado a acreditar que gorduras saturadas são um mal, saiba que na verdade elas são uma grande aliada a saúde e, acredite ou não, ao emagrecimento. E como nosso intuito com esse artigo não é apenas soltar palavras ao vento sem embasamento nenhum esperando que você acredite de imediato, segue ai um link que vai te explicar em detalhes o porque a gordura saturada é uma aliada em vez de uma inimiga: http://www.lowcarb-paleo.com.br/2013/10/a-midia-se-rende-iii-gordura-saturada.html

Agora, uma coisa temos que dizer: obviamente que estamos falando de carnes de verdade e não essas que vem com uma dose extra de papelão. 🙂

3) Manteiga

A manteiga é tida por muitos como uma entupidora de artérias e uma grande bomba para o coração. A manteiga é interpretada de maneira tão equívoca que as pessoas por acreditarem que ela faz mal acabam substituindo-a por uma margarina light dessas marcas que aparece toda hora nos comerciais da sua tv.

Se você também faz isso, se você não consome manteiga de jeito nenhum e tem em sua casa essas margarinas lights da vida achando que está fazendo bem para você e sua família, saiba que na verdade está é danificando sua saúde e a dos seus a cada vez que a ingerem.

As manteigas puras provenientes da gordura saturada do leite são ótimas para sua saúde e não lhe fazem mal. E isso se deve a mesma explicação da carne vermelha. Manteigas são puras e só são tidas como vilãs pelo fato das pessoas acreditarem que as gorduras saturadas fazem mal.

Mas na verdade, o grande perigo está nos óleos vegetais. E desse produto as margarinas tidas como “saudáveis”, estão cheias.

4) Bacon

Agora você deve pensar que apelamos. Poxa vida, os bacons são tidos por ai como um dos maiores responsáveis por problemas de saúde principalmente no que diz respeito a doenças vasculares. Bobagem, o bacon também é um alimento de origem animal rico em gordura saturada o que faz dele inofensivo a sua saúde.

As pessoas comem um lanche repleto de química com os molhos vermelhos da vida, batata palha, refrigerante e no final acabam colocando a culpa no coitado do bacon.

É claro que para o consumo de bacon nós também recomendamos um pouco de cautela, mas não pelo fato dele ser rico em gordura saturada, mas sim por ser um produto processado e que na maioria das veze não sabemos como é feito esse processamento. Mas, se você consegue obter um bacon de boa qualidade, então seja feliz e o consuma sem medo.

5) Óleo de coco

O óleo de coco até que é bem menos criticado pela população e de um tempo para cá tem ganhado cada vez mais adeptos. No entanto, ainda há pessoas que acreditam que o mesmo seja um mal a saúde. E o pior, há pessoas que além de julgar o óleo de coco como um mal a saúde, tratam os óleos vegetais como os saudáveis.  Muitas delas induzidas por essa matéria abaixo, matéria essa rebatida pelo mestre e entendedor Dr. Lair Ribeiro.

Como você pode ter visto, não passa de uma matéria equivocada (para não dizermos outros termos não tão agradáveis) a qual não faz nenhum sentido científico.

O óleo de coco é rico em ácido láurico que é o mesmo encontrado no leite materno. O oleo de coco é o maior bem que você deve ter em em sua casa, um alimento repleto de benefícios a saúde.

Dito isso, encerramos aqui essa nossa lista com os 5 alimentos considerados ruins, mas que na verdade são saudáveis. Agora cabe a você continuar acreditando no que é dito por ai ou se aprofundar ainda mais no tema e saber de fato quais são os alimentos ruins e os bons, e não porque alguém está lhe dizendo, mas sim porque estudou e ficou a par de tal conhecimento.

Em breve traremos outros artigos semelhantes, até lá faça bom proveito desse e não deixe de comentar abaixo o que achou.

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *